10 momentos icônicos da Stratocaster®.

17/05/2017


Bob Dylan com a sua Stratocaster® em 1965 no Newport Jazz Festival (Foto: The Estate of David Gahr)

A Stratocaster® é, sem dúvidas, a guitarra mais conhecida do mundo. Criada há mais de 60 anos atrás pela Fender®, o modelo já passou pelas mãos de milhões de músicos ao redor do mundo e foi o instrumento de momentos históricos da música.

Aqui está nossa escalação com os onze momentos icônicos da Stratocaster® pela história. É claro que existem muito mais que esses!

E pra você, quais são os momentos mais marcantes da Stratocaster® na história da música? Compartilhe conosco!

1) The Crickets no Ed Sullivan Show (1957)

A Fender® criou a Stratocaster® na primavera de 1954 mas como naquela época o uso da guitarra elétrica ainda não era muito difundido, o modelo ficou cerca de três anos sem um grande lançamento ou aparição. Isso mudou quando uma banda do Texas chamada The Crickets apresentou-se no Ed Sullivan Show em 1957 e seu vocalista/guitarrista Charles Hardin "Buddy" Holly usou uma Stratocaster® para tocar ao vivo, como você pode conferir no vídeo abaixo:

Buddy Holly & His Crickets "That'll Be The Day" on The Ed Sullivan Show

2) Marvin e a Stratocaster® na Inglaterra (1959)

No final da Segunda Guerra Mundial, houve uma proibição de transações comerciais entre os Estados Unidos e a Inglaterra - o que tornava praticamente impossível a compra de uma guitarra Stratocaster® na Inglaterra.

Mesmo com essa proibição, o guitarrista da banda The Shadows chamado Hank Marvin sonhava em ter uma guitarra do modelo, inspirado por Buddy Holly nos Estados Unidos. O vocalista da banda Cliff Richard, sabendo do desejo de seu amigo, prometeu-lhe conseguir uma Stratocaster® mesmo com a proibição de comércio de itens americanos.

Segundo informações da época, Hank Marvin foi, então, o primeiro músico a possuir uma Statocaster® em solo britânico. Um rapaz muito sortudo!

The Shadows - Apache:

3) A estreia de Dick Dale no Rendezvous Ballrom (1961)

O aclamado músico de Surf Rock teve sua estreia nos palcos em 1961 num show que teve pouco mais de 17 pessoas (todos amigos de Dale). No entanto, tempos depois o evento tornou-se o assunto mais comentado em Newport Beach (Califórnia) e pessoas de cidades vizinhas começaram a se interessar pelo som de Dick Dale & The Del-Tones. Foi com esse começo e com a sua Stratocaster® nas mãos, que Dick Dale viria a ser reconhecido futuramente como "o pai" da Surf Music.

Dick Dale & The Del-Tones - Misirlou:

4) Bob Dylan em Newport (1965)

Um momento histórico do rock e da Stratocaster® veio com a apresentação de Bob Dylan no Newport Folk Festival em 25 de julho de 1965. Um público de puristas folclóricos ficou chocado quando Dylan andou no palco com uma camisa laranja e sua jaqueta de couro escuro, tocando uma Stratocaster® e apoiado por uma banda.

A guitarra em si, uma Stratocaster® Sunburst fabricada em 2 de maio de 1964 foi perdida tempos depois desse show; Seu paradeiro permaneceu um mistério até que a guitarra foi encontrada e sua autenticidade confirmada em 2012. A guitarra foi leiloada por 965.000,00 dólares (mais de R$ 3 milhões ao câmbio atual em Maio/2017)

Bob Dylan Live at the Newport Folk Festival:

5) Jimi Hendrix em Monterey (1967)

Uma das performances mais memoráveis ??na história do rock ocorreu na noite de 18 de junho de 1967. Foi quando o The Jimi Hendrix Experience executou sua primeira grande performance nos Estados Unidos, no Monterey International Pop Music Festival na cidade de Monterey, na Califórnia.

Antes da última música, um cover estridente de "Wild Thing", Hendrix disse ao público: "Vou sacrificar algo aqui que eu realmente amo, ok?". No final da música, ele destruiu sua Stratocaster® 65s - ajoelhando-se diante dela, beijando-a e botando fogo no instrumento, enquanto as câmeras filmavam tudo e o público, atordoado, acompanhava a encenação de Hendrix. A partir desse show, Hendrix sedimentou seu nome na história do rock.

Jimi Hendrix Sets Guitar On Fire at Monterey Pop Festival 1967:

6) A primeira (e única) aparição do Derek and the Dominos na televisão (1970)

Derek and the Dominos fizeram sua primeira e única aparição na televisão durante a turnê do grupo nos Estados Unidos em 1970, quando gravaram um episódio de The Johnny Cash Show da ABC no dia 5 de novembro no Ryman Auditorium em Nashville, Tennessee (o programa foi ao ar em 6 de janeiro de 1971). Depois de uma graciosa introdução por Cash, Eric Clapton, o tecladista Bobby Whitlock, o baterista Jim Gordon e o baixista Carl Radle tocaram quatro canções - :"It's Too Late", "Got to Get Better in a Little While", "Matchbox" e "Blues Power" com Clapton tocando em sua primeira Stratocaster® carinhosamente apelidada de "Brownie", que ele havia comprado três anos antes em Londres. A apresentação pode ser vista no vídeo a seguir:

Derek And The Dominos - It's Too Late - Live on The Johnny Cash TV Show 1971:

7) Ritchie Blackmore e o riff de Smoke on the Water (1971)

Esta é a data em que todo o complexo de entretenimento Montreux Casino em Montreux, na Suíça, foi destruído pelo fogo depois que alguém disparou uma arma de fogo no teto durante um concerto de Frank Zappa and the Mothers of Invention. Mas essa não era a única banda presente no evento.

Os britânicos do Deep Purple também estavam em Montreux para gravar um novo álbum e eles assistiram ao incêndio do hotel onde estavam hospedados. Inspirados pelo evento dramático, os membros do Deep Purple compuseram uma nova canção baseada em um riff simples do guitarrista Ritchie Blackmore e sua Stratocaster®. Mal sabiam eles que a música se tornaria um dos maiores clássicos do rock tempos depois.

Deep Purple - Smoke on the Water:

8) Stevie Ray Vaughan na Suíça (1982)

Falando da Suíça, quando Stevie Ray Vaughan e sua banda, o Double Trouble, tocaram em 1982 no Montreux Jazz Festival no reconstruído Casino de Montreux, eles eram desconhecidos por grande parte do público. A única razão pela qual eles estavam lá foi porque o famoso produtor Jerry Wexler tinha pego o grupo no início do ano no Clube Continental na cidade natal de Vaughan, Austin, Texas, e ficou impressionado com Vaughan que decidiu apresenta-lo para os organizadores do festival.

O cantor David Bowie estava lá e ficou encantando por Vaughan. Bowie estava prestes a reinventar-se mais uma vez ao gravar um álbum de "retorno" após o seu período experimental no final dos anos 70 e imediatamente teve a ideia incomum de incorporar o blues dinâmico de Vaughan nas canções do próximo trabalho. O álbum resultante, Let's Dance, colocou Bowie em um novo patamar de sucesso e apresentou Stevie Ray Vaughan para o mundo.

Stevie Ray Vaughan & Double Trouble - Pride And Joy (Live at Montreux 1982):

9) O show 360º do U2 (2009)

O show no estádio Rose Bown em Pasadena, Estados Unidos, foi um marco na história da banda irlandesa. Foram 97.000 pessoas que assistiram ao vivo presencialmente e mais de 10 milhões de espectadores que acompanharam a apresentação através da transmissão ao vivo do YouTube. Foi o maior show da banda e um dos cinco maiores concertos já feitos ao redor do mundo.

A Stratocaster® esteve presente no evento nas mãos de The Edge, na canção "Where the Streets Have No Name", do álbum de 1987, Joshua Tree, como você pode conferir abaixo:

U2 - Where The Streets Have No Name - 360 Tour - Rose Bowl - HD:

10) David Gilmour e Roger Waters juntos novamente (2011)

Quando o Pink Floyd lançou a turnê para o álbum-conceito The Wall em fevereiro de 1980 em Los Angeles, foi a mais complexa e ambiciosa produção de rock já realizada na época, com apenas 31 apresentações em quatro cidades em 1980 e 1981. Um destaque desse show veio durante "Confortably Numb", quando um holofote acima do nível do palco revelava o guitarrista David Gilmour de pé sobre a parede de 35 metros de altura, 230 metros de comprimento, cantando sua parte e tocando os dois solos magníficos da canção em sua Stratocaster®.

Tempos depois, a banda foi desfeita e houve a separação das produções musicais tanto de Gilmour quanto de Waters. Houveram pouquíssimas aparições dos músicos juntos desde então - com uma apresentação histórica da banda em 2005 durante o Live 8 em Londres.

Imagine a surpresa do público durante o show de Waters em 12 de maio de 2011, na Arena O2 de Londres, quando - pela primeira vez em 31 anos - Gilmour mais uma vez apareceu na parede com a sua Black Strat na mão para tocar "Confortably Numb"... um acontecimento para ficar na memória!

Roger Waters + David Gilmour: Comfortably Numb, Live, O2 Arena 2011:

E pra você, quais são os momentos mais marcantes da Stratocaster® na história da música? Compartilhe conosco!

Mais informações sobre toda linha de produtos disponíveis ao nosso mercado, visite o site oficial da Fender® no Brasil.

 
Prefira sempre produtos originais e importados legalmente, pois eles são a garantia de sua satisfação.
Clique aqui e saiba onde encontrar um equipamento 100% legal.

Últimas Notícias:

Fender® Play: Toque sua primeira música em minutos!
11/07/2017

Fender® IEM: por que usar? Conheça todos o modelos
28/06/2017

Fender® IEM: os monitores In-Ear profissionais e a sua importância.
20/06/2017

10 momentos icônicos da Stratocaster®.
17/05/2017

A história da Telecaster® - Final.
11/05/2017

+ notícias